Cibersegurança: 5 dicas para proteger as transações do seu e-commerce

Cibersegurança: 5 dicas para proteger as transações do seu e-commerce

*Por Clóvis Souza, fundador e CEO da Giuliana Flores 

 

O e-commerce precisa da cibersegurança

 

Com a evolução do universo digital, crescem também os riscos de operar na Internet. O Brasil registrou, no primeiro semestre de 2022, 31,5 bilhões de tentativas de ataques cibernéticos a empresas. O número é 94% superior na comparação com o primeiro semestre de 2021, quando foram 16,2 bilhões de registros, segundo pesquisa da Fortinet.

 

No varejo, preocupar-se com a segurança do e-commerce é um passo fundamental. O comércio eletrônico traz muitas oportunidades, porém, os perigos das transações digitais também são muitos. A boa notícia é que é possível implementar medidas que garantem a proteção contra fraudes, golpes e roubos de dados, tanto dos clientes quanto do negócio.

 

Confira cinco dicas para proteger todos os envolvidos no e-commerce:

1. Mapeamento da plataforma

Para iniciar é importante realizar análises constantes em seu e-commerce, com objetivo de mapear quais são as vulnerabilidades da sua plataforma. Esse trabalho é fundamental para detectar pontos sensíveis e promover as estratégias de proteção nesses locais que podem estar descobertos. É nessa etapa que um planejamento de ações estratégicas deve ser desenhado para verificar se está na hora de trocar de solução.

 

  1. Certificado SSL

Esse sistema permite a criptografia de dados pessoais e bancários à medida que eles são enviados para o servidor do site, o que assegura que as informações não sejam roubadas durante o processo de checkout. Ele é identificado pela URL que muda de HTTP para HTTPS, a última letra representa a segurança no e-commerce. Com o certificado, sua loja passa a transmitir mais confiança aos clientes, além de melhorar no ranqueamento dos mecanismos de busca. O SSL também é fundamental se você deseja investir em campanhas de marketing. No caso do Google Shopping, esse recurso é exigido e indispensável para a veiculação da campanha.

 

  1. Varredura de malware

É essencial verificar com frequência a existência de possíveis malwares, pois colocam em risco seu site, podendo roubar dados e até infectar os usuários que acessam a loja virtual. A maioria das empresas de plataformas de e-commerce já oferece o serviço de busca de malware, pois os criminosos estão sempre criando novas formas de atacar.

 

  1. Gateways de pagamento

Os gateways de pagamento funcionam para garantir a segurança na finalização de uma compra. Eles garantem a comunicação totalmente criptografada entre o servidor e o meio de pagamento que o cliente escolheu. Para viabilizar a conexão entre o e-commerce, seus usuários e as instituições financeiras, os gateways permitem a realização das transações para a finalização da compra, oferecendo diversas opções para o checkout, como exemplo, o checkout transparente, em que o consumidor não precisa ser redirecionado para outro site para fazer seu pagamento, ampliando a sensação de segurança.

 

  1. Capacitação da equipe

O sucesso de um negócio sempre está atrelado a equipe de trabalho e na segurança não é diferente. Ter colaboradores alinhados e preparados pode fazer toda a diferença na hora de evitar cibercrimes. Mantenha uma rotina de capacitação de sua equipe, com reuniões periódicas sobre o assunto e esclarecendo sempre a importância de ficar atento aos demais itens citados. Mantém sua loja online sozinho? Esteja sempre por dentro das medidas de segurança de vendas pela internet.

 

*Clóvis Souza é fundador da Giuliana Flores, maior e-commerce de flores do país, ocupando 65% no Brasil de market share no Brasil, com mais de 600 mil entregas feitas por ano – giulianaflores@nbpress.com.br

 

Sobre a Giuliana Flores

Criada há mais de 33 anos pelo empreendedor Clóvis Souza, a Giuliana Flores é uma das primeiras lojas virtuais de flores e presentes do Brasil, nascida em 2000. Enfrentando o “boom” da internet, quando várias empresas “ponto.com” fecharam, a marca se fortaleceu e hoje se posiciona como líder no segmento.

 

Entre seus diferenciais estão a constante preocupação com a combinação de flores e arranjos para agradar aos mais variados gostos e estilos, além das fortes parcerias com marcas de luxo, como Ferrero Rocher, Nestlé, Heineken, Milka, Natura, Havanna, Lindt, Chandon, Rommanel, Vivedas, Uatt?, Kopenhagen, entre muitas outras, oferecendo produtos exclusivos ao e-consumidor. Atualmente, a Giuliana Flores conta com 700 mil visitantes únicos/mês, compostos por um público pertencente às classes AA, A e B, com idade média entre 25 e 55 anos e atende todo o Brasil.

 

O portal ganhou o Prêmio Época Reclame Aqui nos anos de 2013, 2016, 2017, 2018 e 2021, todos na categoria E-commerce – Floricultura, e conta com o selo de empresa reconhecida pelos sites Bondfaro e Buscapé, Loja Ouro pelo e-bit e Selo Site Blindado. Para mais informações, acesse: www.giulianaflores.com.br

 

Informações à imprensa

https://nbpress.com.br/

Tel.: 55 11 99419-5757

E-mail: giulianaflores@nbpress.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Liderança estratégica: 3 pilares para uma boa gestão

5 vantagens de investir em tecnologia

*Por Vinícius Pessin, CEO da logtech Eu Entrego    Investir em tecnologia pode ser muito vantajoso   O planejamento de rotas é uma etapa fundamental para