Seguindo a maré: por que o varejo precisa aceitar criptomoedas como pagamento?

Seguindo a maré: por que o varejo precisa aceitar criptomoedas como pagamento?

Os meios de pagamento exercem papel crucial no sucesso do varejo. Quando a pessoa consegue pagar sua compra de forma rápida, prática e segura, ela demonstra mais confiança na empresa – e, consequentemente, tende a comprar mais em outras oportunidades. Logo, trata-se de uma ferramenta importante para melhorar a experiência do consumidor e impulsionar a estratégia do negócio. As lojas que oferecem métodos inovadores e modernos tendem a conquistar mais espaço.

Dessa forma, é preciso acompanhar a evolução da tecnologia. Se há duas décadas a grande novidade era o cartão de crédito, hoje já chegamos ao pagamento sem contato. A próxima fronteira é justamente a adoção das criptomoedas, um formato que combina tudo aquilo que o consumidor e o lojista desejam, como rapidez, agilidade e segurança nas transações. Não à toa, uma pesquisa global da Mastercard mostra que quatro em cada dez pessoas desejam pagar suas compras com moedas digitais. Diante disso, veja cinco motivos para o varejo aceitar as criptomoedas como pagamento:

1 – Maior segurança nas transações

No varejo, toda compra tem um risco, por menor que seja: as cédulas podem ser falsas e o cartão pode ser clonado, o que gera estornos. Com as criptomoedas, contudo, a segurança aumenta graças à tecnologia blockchain. Base para os principais ativos digitais existentes, ela impede que informação transmitida digitalmente possa ser invadida e roubada. Além disso, funciona como base de dados, o que permite rastrear as transações e garantir mais transparência em todo o processo.

2 – Agilidade no pagamento

Na hora de pagar, o usuário conta moedas e cédulas ou aguarda o tempo de resposta da máquina de cartão, com a digitação da senha e confirmação da transação. Assim, por mais rápidos que sejam, sempre gera um incômodo com pequenas filas no caixa. As criptomoedas, por sua vez, são bem mais ágeis. Basta fazer a transferência do smartphone do consumidor para a conta digital da loja por meio de uma leitura de QR code, por exemplo. Em questão de segundos a compra está paga.

3 – Descentralização nas operações 

Um pagamento feito por cartão envolve as taxas da maquininha e um fluxo que leva o dinheiro até a conta da loja – que normalmente demora dias. A cédula, por sua vez, exige o depósito físico na conta, ou seja, o gestor pegar a quantia e ir até a agência para isso. Já as compras com criptomoedas são diretas, ou seja, o valor sai diretamente da conta do consumidor para a da loja, eliminando os intermediadores que atuam nesse ecossistema.

4 – Digitalização do pagamento 

A transformação digital chegou ao varejo para todos: das grandes redes às pequenas lojas de bairro, é preciso trazer ferramentas digitais alinhadas aos hábitos dos consumidores. Isso inclui, evidentemente, os meios de pagamento. A quantidade de pessoas que utiliza cédulas e moedas está caindo e mesmo os cartões de crédito e de débito estão perdendo espaço para soluções sem contato, como o PIX. A palavra de ordem é trazer mais facilidade e conveniência com as criptomoedas.

5 – Alinhamento de tendências

Por fim, os lojistas perceberam que não podem ignorar mais o avanço da tecnologia em todos os processos e operações do negócio. Mesmo aqueles mais reticentes à transformação digital tiveram de reconhecer a importância das soluções tecnológicas durante a pandemia de covid-19. As criptomoedas estão entre as principais tendências do setor. Aceitá-las como forma de pagamento mostra que a empresa está antenada ao que há de mais moderno e inovador e, principalmente, não mede esforços para melhorar a experiência de compra de seus consumidores.

*Rubens Neistein, Business Manager da CoinPayments, a primeira e maior processadora de pagamentos em criptomoedas do mundo – e-mail: coinpayments@nbpress.com

Sobre a CoinPayments

Primeira e maior processadora de pagamentos em criptomoedas do mundo, a CoinPayments é a forma mais fácil, rápida e segura para os empresários transacionarem em criptomoedas. Fundada em 2013, a plataforma oferece aos clientes APIs de pagamentos especializados em cripto, plug-ins de carrinho de compras, carteiras digitais e diversas soluções para o mercado de criptomoedas. Ao longo de sua história, ultrapassa a marca de US$ 10 bilhões em transações e oferece suporte a mais de 2 mil moedas digitais. Para mais informações, acesse: www.coinpayments.net.

 

Informações à imprensa

NB Press Comunicação

Tel.: 55 11 3254 6464 l 55 11 99937-3715 | 55 11 94326-8746

E-mail: coinpayments@nbpress.com

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos Relacionados